Mensagem da coruja




A Coruja.

Corujinha, corujinha,
O que você enxerga por aí?
Tucanos feitos urubus,
Com bicos grandes
Brigando pela carniça,
- não sabem cantar.




Corujinha, corujinha,
O que você enxerga por aí?
Avestruzes velozes,
Que se escondem na areia,
Pavões depenados,
Sem pena de ninguém,
- nunca souberam voar.



Corujinha, corujinha,
O que você enxerga por aí?
Da neblina de madrugada
Vem um pássaro que sabe voar.
Escuto em seu grito rouco uma canção, 
O sonho de um povo acordado
Com vontade de lutar 
E esperança de viver.




                                             
Paulo Suess

Um comentário:

  1. Alunas encantadas19 de abril de 2016 22:48

    Belíssima poesia!
    Todos os elementos fundamentais para dissipar a letargia e suscitar a esperança e luta estão subjacentes!
    Emociona, desinstala, subverte, incomoda e galvaniza!

    ResponderExcluir