Daví contra Golias


Na conferência de prensa, hoje, dia 28 de maio, foi denunciada a violência contra os manifestantes que ontém, dia 27, pacíficamente se aproximaram ao Estádio Nacional Manê Garrincha, Brasília. Continua a criminalização das lideranças indígenas e populares em função do modelo de crescimento e lucro. Como disse o Papa Francisco: "Esse modelo capitalista mata!". 












Um comentário:

  1. Dora e compaheiros dos movimentos de direitos humanos28 de maio de 2014 20:06

    Estamos atentos aos desdobramentos dos fatos de ontem. Repudiamos a repressão policial violenta e aguardamos as providências cabíveis das autoridades responsáveis, no sentido de preservarem e garantirem a livre manifestação das comunidades indígenas, com segurança e respeito aos seus direitos constitucionais.

    ResponderExcluir